10) Capricórnio


. Nesta página .

– Simbiose sobre o 10º signo do zodíaco 
– O mesmo arquétipo descrito em prosa
– Simbiose de transição de Capricórnio para Aquário

Este poema
que pode guardar e oferecer
na voz de uma Aquário, a fingir que é Capricórnio!



Versão em prosa

Eu sou o Pai Austero. É muito fácil aperceberem-se de mim, já que pareço pesar como chumbo e dominar sobre todos. Estou quedo, porque sou velho como o Tempo. Mas permaneço atento aos ajustes que em vós vão ficando por fazer, porque o meu saber de experiência feito ajuda-me a cumprir a eterna tarefa de vos ensinar. Tenho o poder de impor e ordenar, porque o Caos está em baixo e não em cima. Ou ainda não vos apercebestes de que Cosmos quer dizer Ordem?

Cuidais que se alimento uma candeia é porque me falta a luz ou os meus olhos se vão recolhendo? Desiludi-vos, pois sois vós que não a vedes! Se afio a inapelável foice, é porque nenhum erro ficará sem a devida correção. Alguns já disso se aperceberam! E atentai que, se me entendem como o arquétipo do medo, é porque, como seres condenados ao Tempo e à Morte, vós renunciais justamente ao que poderia colmatar as frustrações que vos atormentam. Tendes medo e, depois, dizeis que sou eu que vo-lo faço! Desfazei-vos da Sombra com que tapais a Luz, e vereis finalmente o meu esplendor… Escuso de voltar a dizer quem sou.

Simbiose de transição de Capricórnio para Aquário

Pode guardar ( e oferecer ) este ficheiro

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.