04) Caranguejo

 

. Nesta página

– Simbiose sobre o 4º signo do zodíaco
– O mesmo arquétipo descrito em prosa
– Simbiose de transição de Caranguejo para Leão

Este poema
que pode guardar e oferecer
na voz de uma amiga de Caranguejo



Versão em prosa

Eu sou a Mãe Dedicada. Simbolizo a ancestralidade e as raízes, a “Porta” por onde se entra para esta vida. Ninguém pode nascer sem mim: útero receptivo, que alimenta e resguarda. Embora, enquanto astro, seja um satélite “morto”, represento a Maternidade a o Inconsciente, por ser a luz da noite que ilumina o escuro, a face inacessível da psique. Sou quem, feminina, se compreende através do desejo de nutrir e proteger. Sou a necessidade que têm de mim. Por isso gosto de falar pouco; prefiro passar desapercebida, disfarçar-me aqui no masculino e ser apenas
O quarto que protege e sente.

Simbiose de transição de Caranguejo para Leão

Pode guardar ( e oferecer ) este ficheiro

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.