A comunhão com a Vida

No vídeo abaixo podes ver-me a dizer o poema, apreciar o movimento das letras do mote para formar novas palavras e ler a “simbiose” com calma. Aqui, o som da leitura, para guardar ou oferecer.

Pergunta (de um leitor imaginário) sobre este poema

Podes explicar o que entendes por “Pomba’?

É, tradicionalmente, o símbolo da paz; a “Casa Verde” corresponde ao chacra cardíaco. Logo, quem muda “a Pomba da Casa Verde prà a Casa Escura”, está a exilar a paz. Não admira a frase: “Vida é o que te falta, na sua condição mais pura”. Com a “Pomba” na “Casa Escura”, achas possível experimentar o título do poema? Talvez isto te ajude.