A fertilidade da Vida

Pergunta (de um leitor imaginário) sobre este poema

Quem são os “infames Plantadores da Carência’?

São os Vampiros da Finança, pobres de espírito maquiavelicamente inteligentes, que, através de maquiavélicas engenharias financeiras, atiram a esmagadora maioria da população mundial para situações insustentáveis – as referidas “misérias provocadas”. Como é possível coisa tão desbragada? A chave está no último verso do poema: “A vida é assim porque nos falta consciência”. Este é o resultado.

A minha leitura deste poema, que podes guardar e oferecer.