A Luz em ti soterrada, põe a fera em ti mui afetada

Um poema/simbiose parte sempre de um mote. Partes das palavras desse mote são usadas para gerar a primeira palavra de cada uma das linhas do poema. No vídeo abaixo podes apreciar esta composição, seguindo a minha leitura.

 

Pergunta (de um leitor imaginário) sobre este poema
O que é que queres dizer com:
‘Muito ganharás queimando, já, o que terás de perder’?

Em qualquer altura podemos remover a Fealdade e escolher a Beleza.
O “Fogo” está aí para nos ajudar nessa mudança. 

 A minha leitura deste poema/simbiose, que podes guardar e/ou oferecer

Retroceder   ↔   Sugestão de leitura complementar