A metamorfose essencial

Uma Simbiose parte sempre de um mote. Partes das palavras desse mote são usadas para gerar outra palavra, que inicia uma das linhas do poema. O vídeo abaixo apresenta esse movimento das letras e, também, a minha leitura desta Simbiose… que podes guardar e oferecer.

Pergunta (de uma leitora imaginária) sobre este poema

Porque é que o título não tem a ver com o conteúdo?

Aqui, a “metamorfose essencial” refere-se à experiência crucial que nos faz passar desta vida física (que tão bem conhecemos), para a vida extrafísica (que tanta gente diz conhecer). Todavia, ninguém sabe do que realmente se trata. O que interessa aqui é que a morte é a passagem de uma coisa para outra, não a passagem de uma coisa para o nada. Se gostas de poemas engraçados, aqui tens outro.