A vitalidade essencial

No vídeo abaixo podes ver-me a dizer o poema, apreciar o movimento das letras do mote para formar novas palavras e ler a “simbiose” com calma. Aqui, o som da leitura, para guardar ou oferecer.

Pergunta (de um leitor imaginário) sobre este poema

Quem são os “Sem Amor”?

São aqueles que elaboram o sistema que nos explora e alucina. E nós aceitamos, por acharmos que a vida é mesmo assim. Achas que a magnificência do Universo não consegue fazer melhor do que isto? Esta reflexão pode ajudar