As Portadoras da Perfeição

Uma Simbiose parte sempre de um mote. Partes das palavras desse mote são usadas para gerar outra palavra, que inicia uma das linhas do poema. O vídeo abaixo apresenta esse movimento das letras e, também, a minha leitura desta Simbiose… que podes guardar e oferecer.

Pergunta (de um leitor imaginário) sobre este poema

Porque é que as Portadoras da Perfeição dão vida ao que, segundo dizes, acabei “por matar”?

Porque é fundamental repor (se for possível) a afinação do Cântico da Vida. De outra forma, nunca mais acaba a chinfrineira que se ouve presentemente. Ora vê lá se não tenho razão?