Se fazes birra, do Mago Rei não receberás mirra

Quando chega o Natal matamos saudades dos Reis Magos, embora Reis decerto não fossem. Quanto a serem Magos, vá lá saber-se. Seja como for, a maioria gosta. Por isso, repete. Aqui, porém – e como seria de esperar – a coisa é um bocadinho diferente: em vez de três, é só um e é designado por Mago Rei, porque fica mais bonito. Quanto ao resto, o meu maior desejo é que não te revejas no que está escrito na segunda quadra. Seria grave por andares por aí a disseminar a hipocrisia. Ou seja, a fazeres uma coisa e a dizeres que és outra.

Outras simbioses escritas com motes do autor

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *