O feroz fogo lavra…

Uma Simbiose parte sempre de um mote. Partes das palavras desse mote são usadas para gerar outra palavra, que inicia uma das linhas do poema. O vídeo abaixo apresenta esse movimento das letras e, também, a minha leitura desta Simbiose… que podes guardar e oferecer.

Depois de tudo o que foi escrito sobre os incêndios de 2017 e 2018, mais isto:

Pergunta (de um leitor imaginário) sobre este poema

Achas que as florestas vão continuar a arder?

O problema, porém, não é as florestas arderem, é não se criarem condições para os fogos serem extintos antes de atingirem proporções pavorosas. Há anos que os especialistas andam a dizer isto! Será que algum dia ganharemos consciência