Ingénuas, logo mui despassaradas

Uma Simbiose parte sempre de um mote, cujas palavras são usadas para gerar outras palavras.
O vídeo abaixo apresenta esse movimento, acompanhado por
‘Après un Rêve’ de Gabriel Fauré.

Pergunta (de uma leitora imaginária) sobre este poema

Porque é que dizes que este tipo de mulheres é “banal’
Eu não conheço nenhuma!

Experimenta dar consultas de terapias alternativas que incluam aconselhamento, e vais ver!
Mas tem cuidado com estas

A minha leitura deste poema, que podes guardar e oferecer.