02) Touro


. Nesta página .

– Simbiose sobre o 2º signo do zodíaco 
– O mesmo arquétipo descrito em prosa
– Simbiose de transição de Touro para Gémeos

Este poema — que pode guardar e oferecer — na voz de um taurino



Versão em prosa

Eu sou o Pacificador Simpático.
Reconheço que a minha colaboradora, Vénus, por vezes, é vaidosa. Mas, se ela recorre ao espelho, não é para perguntar “Quem é mais bela do que eu”, mas, sim, para, inspecionando-o pelo lado de trás, descobrir onde radica a voluptuosidade. Ela é a personificação da Graça, da Beleza e do Amor terreno, embora, nalguns caso, também possa ser o portal de acesso a um outro Amor, maior e mais abrangente.

Colocando o círculo do Espírito sobre a cruz da matéria, claramente se visualiza a essência do seu símbolo, tão utilizado pelos movimentos feministas. Nesse símbolo falta a meia-lua da Alma. Mas tal não impede que ela, serenamente, segure os ímpetos do Carneiro e do seu Conquistador Obstinado – Marte -, que mora no passo anterior da Roda da Vida, ao mesmo temo que prepara o caminho para a chegada do Jovial Conversador – Gémeos.

Se eu preguiçar, se me entregar à voluptuosidade e à complacência, acabando por desistir dos meus valores mais queridos, já sei que ficarão a doer-me os ombros, como se neles assentasse uma canga antiga, símbolo de submissão e castigo, dor e sacrifício. Sou teimoso. Mas como o meu íntimo é calmo e simples, recomendo que se embeleze a Vida.
Eu sou O segundo que acalma e sente.

Simbiose de transição de Touro para Gémeos

Pode guardar ( e oferecer ) este ficheiro

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.