Quando a faísca se apaga…

No vídeo abaixo podes ver-me a dizer o poema, apreciar o movimento das letras do mote para formar novas palavras e ler a “simbiose” com calma. Aqui, o som da leitura, para guardar ou oferecer.


Pergunta (de um leitor imaginário) sobre este poema

Estás a fazer aqui a elogio do “faz de conta’?

De forma nenhuma; estou a fazer o elogio do “dar a volta por cima”!
Contudo, não podemos esquecer isto