Sai do teu pedestal…

.

Este poema pertence ao conjunto dos “indelicados” mas é não é para ti.


Pergunta (de um leitor imaginário) sobre este poema
Porque é que não consegues disfarçar a tua aversão por certo tipo de pessoas?

Porque é desagradável viver num jardim infestado de ervas daninhas!

A minha leitura deste poema que podes guardar e/ou oferecer