Um Conhecimento para a humanidade

Uma Simbiose parte sempre de um mote. Partes das palavras desse mote são usadas para gerar outra palavra, que inicia uma das linhas do poema. O vídeo abaixo apresenta esse movimento das letras e, também, a minha leitura desta Simbiose… que podes guardar e oferecer.

Pergunta (de um leitor imaginário) sobre este poema

Quem é este “Ser Puro’?… É Deus?

Eu não sei se é Deus, porque não sei o que é “Deus”. Todavia, estou convencido de que, nos planos suprafísicos, há Quem limpe uma parte da sujeira que a minha inconsciência me convida a fazer de vez em quando. Não me atrevo a dar-lhe nome. Para mim, neste caso, é um Ser Puro. Gosto de pensar que é Ele que me dá “o que a paz desde há muito tempo manifesta”. E é porque estou em paz que me apetece escrever assim