Vivendo em paz…

 

Uma Simbiose parte sempre de um mote. Partes das palavras desse mote são usadas para gerar outra palavra, que inicia uma das linhas do poema. O vídeo abaixo apresenta esse movimento das letras e, também, a minha leitura deste poema… que podes guardar e oferecer.

Pergunta (de um leitor imaginário) sobre este poema

Estás em paz… completamente, mesmo?

Ninguém pode estar completamente em paz, porque uma parte da humanidade não deixa. Nem nunca deixou. Já reparaste que todos os pacificadores que vieram à Terra, tiveram uma vida bem atribulada? Quem lhes atribulou a vida precisava de saber isto.