A pobreza é a pior forma de violência

O mote deste poema/simbiose é uma frase de Gandhi

Um poema/simbiose parte sempre de um mote, que é o seu título. Partes das palavras desse mote são usadas para gerar a primeira palavra de cada uma das linhas do poema. As “sobras” ficam arrumadas à esquerda e não fazem parte da leitura:

Versão desformatada para quem acha o formato ‘simbiose’ muito complicado:

Possuídos pela ganância e pela frieza galopante, zangados com a decência e em grave desalinho, é vê-los atolados na demência, com a paz distante, apartados da dignidade e ocultando o rabinho. Formados em “Como Arruinar o Vizinho”, desafiam a Justiça com devoção pujante. Violando a Lei da Maré – que se torna vazante -, ensinam o que faz o biltre parecer bonzinho. A todos eles envio a cicuta e um beijinho!

A minha leitura deste poema/simbiose, que podes guardar e/ou oferecer

Sugestão de leitura complementar